ARTIGOS

propinoduto-tucanoA impunidade ainda impera nas investigações de escândalos envolvendo governos e políticos do PSDB.

Outro caso de corrupção vem longa data, a pelo menos uma década e meia, e que ainda não colocou ninguém atrás das grades é o “Cartel dos trens e metrô em SP”.

Segundo reportagem da “Isto É”, cerca de R$ 425 milhões foram contabilizados como prejuízos aos cofres públicos, referentes ao Caso Alstom, episódio em que a multinacional francesa teria subornado políticos ligados ao PSDB de Geraldo Alckmin e Aécio Neves para vencer a expansão do contrato na compra de trens; e ao Caso Siemens, empresa que admitiu a formação de cartel com outras 13 para fraudar licitações.

Os governos tucanos se omitiram das investigações e, pior, denúncias dos empresários das multinacionais afirmam que os políticos do PSDB aceitaram o acordo e a quantia pela corrupção.

Conclusão: Governos do PSDB empurram a sujeira da corrupção para debaixo do tapete e população é penalizada com desvio dos recursos públicos. Se os políticos do PSDB agem em benefício próprio, imagina Aécio no comando do Brasil!

 

Você também pode gostar...