AGENDA

(19/06) Seminário sobre Direitos Humanos no Estado de São Paulo acontece na próxima sexta

Debates sobre redução da maioridade penal e segurança pública compõem a programação na Alesp 

No campo e na cidade, os movimentos sociais evidenciam violações permanentes aos direitos humanos em São Paulo em áreas como segurança pública, moradia, saúde e educação. Junto a isso, as forças conservadoras têm tentado retirar conquistas e impedir o avanço da luta social na defesa por democracia e políticas públicas.Durante mais de duas décadas no comando do Estado de São Paulo, o PSDB tem pouco a pouco desmontado o aparelho social do Estado, com o esvaziamento das funções públicas, além de manter uma violência institucional que atinge moradores das periferias, principalmente negros e negras, mulheres e jovens.

Para discutir sobre esta realidade, o Fórum dos Movimentos Sociais do Estado de São Paulo, lançado no dia 13 de maio deste ano, promove seu primeiro seminário Direitos Humanos no Estado de São Paulo, que abordará os temas da segurança pública, violência contra a juventude e redução da maioridade penal.

A atividade ocorrerá no dia 19 de junho, das 9h às 14h, no Auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), na Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, no Ibirapuera. Os interessados devem fazer inscrição prévia no telefone (11) 2108-9165, com Bernadete, ou pelo e-mail gto-forum@cutsp.org.br. Devem enviar a ficha (clique aqui para baixar) com nome, entidade, telefone fixo, celular e e-mail.
Os convidados das mesas são o advogado popular de movimentos sociais e especialista em conflitos agrários e direitos de populações tradicionais, Aton Fon Filho; o professor Douglas Belchior, ativista social e militante do movimento negro; e o secretário de Segurança Urbana de São Bernardo do Campo, Benedito Mariano.
Como comentaristas dos debates foram convidados o presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), Rildo Marques de Oliveira; a professora Dra. de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Esther Solano; o jornalista do site Ponte.org, Bruno Paes Manso e a professora Dra. do Departamento de Sociologia da Universidade Federação de São Carlos (Ufscar), Jacqueline Sinhoretto.

A partir dos debates com estudiosos, especialistas, ativistas e militantes, os movimentos têm como objetivo diagnosticar as facetas da violência em São Paulo e a estrutura das instituições públicas estaduais, a fim de elaborar propostas ao Executivo paulista.

PROGRAMAÇÃO

Seminário: Direitos Humanos no Estado de São Paulo
Segurança pública, violência contra a juventude e redução da maioridade penal

PALESTRANTES CONVIDADOS
Aton Fon Filho – Advogado popular de movimentos sociais e especialista em conflitos agrários e direitos de populações tradicionais
Douglas Belchior– Professor, ativista social e militante do movimento negro;
Benedito Mariano– Secretário de Segurança Urbana de São Bernardo do Campo.

COMENTARISTAS CONVIDADOS
Rildo Marques de Oliveira– Presidente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana – Condepe;
Esther Solano– Professora Dra.de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo – Unifesp;
Bruno Manso– Jornalista do site Ponte.org;
Jacqueline Sinhoretto– Professora Dra. do Departamento de Sociologia da Universidade Federação de São Carlos (UFScar)

SERVIÇO

Seminário Direitos Humanos no Estado de São Paulo
Quando:19 de junho (sexta-feira)
Horário:9h às 14h
Local: Alesp – Auditório Franco Montoro, à Avenida Pedro Álvares Cabral, 201 – próximo ao Parque do Ibirapuera.
Inscrições: Telefone (11) 2108-9165, com Bernadete, ou pelo e-mail gto-forum@cutsp.org.br

Por Vanessa Ramos e Rosário Mendez

Fonte: CUT-SP

Você também pode gostar...