ARTIGOS

Aécio não fala de Esporte, apenas exibe Ronaldo Fenômeno

RONALDO E AECIOO Brasil sempre foi uma potência no esporte, em suas mais variadas modalidades. Quando foi escolhido para ser sede da Copa do Mundo de 2014, os críticos torceram o nariz, duvidando da capacidade de organização do país. Mas o que se viu foi um verdadeiro sucesso, apesar da derrota da seleção brasileira dentro de campo.

 

Os turistas que vieram assistir os jogos gastaram R$ 1,5 bilhão no país, lotando bares, restaurantes e hotéis, um recorde na história da competição. Isso sem falar na olimpíada de 2016, que promete ser outro sucesso de público e esperança de medalhas para o Brasil.

 

Mas não é apenas em grandes eventos que o Brasil se destaca. Com Lula e Dilma o Programa Segundo Tempo, que promove atividades esportivas atende 3,6 milhões de crianças e jovens em mais de 3 mil municípios. O Bolsa Atleta contemplou só em 2014 7.752 atletas olímpicos e paraolímpicos, que recebem auxílio para se desenvolverem.

 

Enquanto isso, a única menção do tucano Aécio Neves sobre o Esporte é ter o pentacampeão mundial Ronaldo Fenômeno como cabo eleitoral, mas propostas para o setor, não apresentou nada até agora.

Você também pode gostar...