ARTIGOS

Aécioporto: Usou ou não usou o aeroporto, eis a questão!

AVIÃOAécio escapa da questão e torce para que o tema perca fôlego. Enquanto ele não responde, a polêmica e os consequentes danos causados pelo caso ficam circunscritos às acusações de suposto favorecimento da família na construção do aeroporto, já que a área pertencia a um tio de Aécio até ser desapropriada pelo governo de Minas. O tio, porém, questiona o valor da desapropriação na Justiça e ainda não recebeu o pagamento, o que enfraquece as acusações.

Se Aécio usava o aeroporto, o fazia à revelia das autoridades do País, já que o local não tinha autorização para operar. Como a construção foi bancada com dinheiro público e atendia à conveniência do presidenciável – o aeroporto não é usado pela população em geral, e familiares dele disseram que ficavam com as chaves do lugar -, o caso ganha outro contorno, com questionamentos éticos talvez maiores do que a acusação de suposto favorecimento familiar.

Apesar do silêncio estratégico do candidato, nos bastidores os tucanos já preparam munição sobre o assunto, cientes de que será difícil escapar dele O fato é que assunto ainda não foi esquecido, e Aécio, como político que aspira a comandar o País e que mantém um discurso crítico em relação ao governo, deveria ser o primeiro a querer esclarecer a questão. O que não dá é para o principal candidato da oposição não responder à pergunta e ainda protagonizar situações constrangedoras ao dizer que tudo já foi esclarecido, quando não foi.

Enquanto isso, o eleitor é obrigado a se contentar com a única resposta direta sobre o caso, a do primo de Aécio. Segundo ele, o candidato usava, sim, o aeroporto de Cláudio toda vez que visitava a fazenda.

Fonte: Estadão

Você também pode gostar...