AGENDA/SOCIEDADE/MOVIMENTOS GERAL NOTÍCIAS OPOSIÇÃO

APÓS DENÚNCIA DA JPT, CONSELHEIROS DE JUVENTUDE SÃO ELEITOS

No dia 25 de novembro de 2019, a Juventude do PT, através do Secretário Municipal, Nicolas Toledo, entrou com representação junto ao Ministério Público para denunciar o desrespeito em que o governo Paulo Serra com os conselheiros de juventude que não foram convocados para as reuniões periódicas desde o início de 2017, ano que o atual prefeito assumiu o posto. A denúncia foi motivada quando a prefeitura anunciou a Conferência Municipal de Juventude que não teve participação dos conselheiros do CMJ, além da divulgação feita três dias antes da realização da conferência e horário que inviabilizava a participação da juventude. Com a repercussão da denúncia feita, a equipe de Paulo Serra correu para realizar novas eleições do Conselho Municipal de Juventude, que para o Secretário da JPT, Nicolas, “foi uma vitória da juventude petista, que pautou a participação dos jovens nas decisões e nas elaborações de políticas públicas que pense geração de empregos, formação e garantia dos direitos básicos da juventude, principalmente dos jovens das periferias que vivem sobre os olhares genocida do estado”.

Ontem, militantes petistas acompanharam de perto o processo incentivando a participação das pessoas na votação, que teve um número de 361 votantes, dentre estes, a nossa Vereadora e Pré-Candidata a Prefeita, Professora Bete Siraque. Ao término da eleição foi realizada apuração dos votos que elegeu 7 novos conselheiros e conselheiras em 6 seguimentos: movimento cultural; movimento estudantil; movimento sindical; movimento religioso; movimentos de raça, gênero ou orientação sexual e jovens empreendedores. Confira o resultado:
1-Mov. cultural:
Sarau na Quebrada: 86 votos
Torcida Esquadrão Andreense: 202 votos (eleito)

2-Mov. Estudantil:
CAPLAN UFABC: 258 votos(eleito)

3-Mov. religioso:
Paroquia NS Rosario: 277 votos (eleito)

4-Mov. sindical:
Sindserv: 258 votos (eleito)

5-Mov. Raça, Gênero, Or. Sexual:
Mddf: 178 votos (eleito)
UNA: 22 votos
UBM: 81 votos (eleito)

6-Jovens Empreendedores:
Jhesse: 37 votos
Morgana: 186 votos (eleita)
Siluane: 110 votos

Agora, os movimentos eleitos farão as indicações dos nomes dos conselheiros do próximo biênio. Nilda Silva, militante petista e presidenta do MDDF, comemorou o resultado devido “a importância de fazer garantir o direito à participação nos conselhos da cidade” e completou: “ter um jovem representando o movimento no CMJ, garante que as políticas públicas sejam pensadas e construídas para os jovens das favelas”.

Você também pode gostar...