GOVERNO GRANA

Com apoio do Governo Grana, Nanasa retoma atividades na cidade

Prefeitura revitaliza espaço que tem capacidade para atender 120 pessoas com deficiências em aulas de natação gratuitas

Santo André, 19 de maio de 2015 – O Nanasa (Núcleo de Natação Adaptada de Santo André) passa, a partir de hoje, a ser mantido com recursos da Secretaria de Educação. A assinatura do convênio entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, e a Acide (Associação pela Cidadania das Pessoas com Deficiência), entidade que vai gerir o local, foi assinado nesta tarde de terça-feira (19), em evento realizado no espaço totalmente reformado, no bairro Jardim.

Para manter o Nanasa, que tem capacidade para atender 120 pessoas, a Educação vai repassar R$500 mil por ano, a partir de maio. A Pasta custeou também a reforma de todo o local, que incluiu pintura completa, substituição dos pisos, reparos no teto, entre outros, em um investimento de R$200 mil. As aulas serão retomadas na próxima semana e o atendimento será voltado para alunos da rede municipal e moradores da cidade.

“Agora a Associação passa a ser uma entidade conveniada, a exemplo da Feasa e da Apae, e portanto vai a ter recursos públicos para realização do seu trabalho, e conseqüentemente o Núcleo se torna uma extensão do atendimento do programa de educação inclusiva da rede municipal de ensino da cidade”, destacou o prefeito Carlos Grana.

Com a mudança, tem fim um período de insegurança para o Nanasa, que deixa de depender de recursos externos. O espaço, uma solicitação da população no Orçamento Participativo, foi inaugurado em 2002, e por muito tempo mantido graças a parceiros da iniciativa privada. Esse convênios, no entanto, chegaram ao fim, e a alternativa foi recorrer a Lei de Incentivo ao Esporte. Em 2014, deixou de ser possível contar com os recursos provenientes da Lei, e a Prefeitura assumiu emergencialmente o espaço para garantir o atendimento até que o novo convênio fosse regularizado

“Com o convênio, a Prefeitura assume a responsabilidade de incluir no orçamento o financiamento deste equipamento que é importante para a educação, afinal existem 1,8 mil alunos com algum tipo de deficiência estudando nas escolas municipais. Esses alunos precisam de espaço e precisam de atendimento garantido”, disse Gilmar Silvério, secretário de Educação.

Sobre a Secretaria de Educação

O ponto central da Pasta é o direito do cidadão à educação infantil e ao ensino fundamental de qualidade. A rede municipal de ensino é composta por 32 creches, 51 Emeiefs (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental), cinco CPFPs (Centros Públicos de Formação Profissional) e 10 CESAs (Centros Educacionais de Santo André).

Nas creches, o atendimento em 2014 é de 6 mil crianças de três meses a 3 anos de idade e 8, 4 mil, com idades entre 4 e 5 anos. Já nas emeiefs, são atendidas neste ano aproximadamente 18 mil crianças de 6 a 10 anos e 8 mil com idade entre 3 e 5 anos.

A respeito de Santo André

O município foi fundado oficialmente em 8 de abril de 1553, com a criação da Vila de Santo André da Borda do Campo. Com área de 174,38 km², está localizado no Grande ABC (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último censo, divulgado em 2011, Santo André possui 678.486 habitantes. No mesmo ano, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 17,6 bilhões, sendo o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento municipal de 2014 é de R$ 3,2 bilhões.

Links:
Visite o site: www.santoandre.sp.gov.br
Facebook: https://www.facebook.com/PrefeituradeSantoAndre
Twitter: https://twitter.com/StoAndre

Mais informações para a imprensa
Paola Zanei – apmzanei@santoandre.sp.gov.br

Você também pode gostar...