GOVERNOS

Com #Lula e #Dilma, mais jovens tem acesso ao ensino superior no Brasil

os doisApós dez anos de funcionamento, ProUni já deu mais de 1,4 milhão de bolsas para alunos em universidades privadas pelo Brasil

Se o acesso ao ensino superior no Brasil era restrito a ‘elite’, onde apenas as famílias com maior renda tinham condições de inscreverem seus filhos em universidades, a gestão do PT demonstrou que uma boa e concreta política pública pode mudar qualquer cenário desfavorável e beneficiar toda a população. Com Lula e Dilma, o Programa Universidade Para Todos (ProUni), concedeu mais de 1,4 milhão de bolsas para jovens carentes em faculdades particulares.

Em São Paulo, o Prouni concedeu 435,7 mil bolsas, sendo 53% para mulheres, 40,9% para negros e 68,7% para jovens. Com maior acesso, o que contribuiu para diminuir a imensa defasagem histórica de uma parcela da sociedade com relação ao acesso à educação superior, a periferia do Brasil começa a moldar um país com um novo perfil.

Com o aumento dos investimentos no Ministério da Educação, que saltou de R$ 18 bilhões em 2002 para R$ 115,7 bilhões em 2014, evolução gerada nos governos de Lula e Dilma, muitas mudanças ocorreram na vida da população. Mais transformações ainda estão por vir, após Dilma aprovar uma lei para que 75% dos royalties do petróleo sejam investidos na área. O ministro Aloizio Mercadante estima que, nos próximos 30 anos, os valores podem variar de R$ 368 bilhões até R$ 500 bilhões. Confira o vídeo com resultados dos projetos na área de educação da gestão de Lula e Dilma no governo federal: http://youtu.be/_sAs3GBGQVQ.

Você também pode gostar...