GOVERNOS

#Dilma apoia o esporte olímpico, paraolímpico e para todos

paraolimpiadasbrasilSe existe um setor que somente evoluiu nos governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da atual presidenta e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), esse é o Esporte brasileiro. Diferentemente das gestões do PSDB, o Ministério dos Esportes apoia o descobrimento de novos talentos e atletas de alto rendimento, somado ao grande acontecimento dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em 2016.

“Eu vou lembrar todas as bolsas diferenciadas que nós temos, desde a bolsa para o atleta nacional; jovem atleta; passando por toda as demais bolsas internacionais e o bolsa pódio. Vou lembrar o Brasil Medalhas, que tenho muito orgulho de estarmos construindo vários centros olímpicos e paraolímpicos, em especial, o Centro Paraolímpico de São Paulo, que vai ser referência internacional”, disse Dilma.

O Bolsa-Atleta é considerado o maior programa de incentivo direto ao atleta do mundo com 43 mil esportistas beneficiados com uma contribuição mensal nas categorias estudantil, nacional, internacional, olímpica e paraolímpica. O valor varia de acordo com os resultados nas competições locais, sul-americanas, pan-americanas, mundiais, olímpicas e paraolímpicas, e não impede que os atletas consigam outros patrocínios.

Você também pode gostar...