ARTIGOS

Dilma libera R$ 89 milhões para construção de ETA em Santo André

nova construção ETATorneiras vazias em pleno calor, pessoas privadas de tomarem o seu banho, donas de casa que acumulam roupas sujas e pias repletas de pratos e talheres…

Estes cenários são retratos do descaso tucano no estado de São Paulo, mais precisamente do governador Geraldo Alckmin, que não toma iniciativas para coibir a escassez de água

Um suposto êxito de Aécio nas urnas significa corroborar com o desastre do PSDB, quando falamos de políticas públicas na área de saneamento básico.

Cansado de esperar respostas por parte da Sabesp, o governo Carlos Grana, em Santo André, agiu rápido e firmou parceria com o governo Dilma para elevar a produção própria de água na cidade, de 6% para 25%, com a construção da ETA (Estação de Tratamento de Água), no Recreio Borda do Campo, na região da Represa Billings. 

Inclusive, nesta terça-feira (14), o governo municipal celebra a assinatura de contrato de financiamento com a gestão federal, por meio da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 89 milhões. Esta iniciativa diminuirá a dependência de água fornecida pela Sabesp, ao permitir também uma economia de cerca de 22% no montante pago á estatal paulista para compra de água.

Cerca de 200 mil habitantes serão beneficiados com a construção do equipamento. 

Por que votar em Dilma?

Porque a presidenta da república se preocupa com a saúde da população, ao não medir esforços para direcionar investimentos no saneamento básico. Governo Dilma tem políticas públicas e planejamento, já que o montante de R$ 89 milhões faz parte do conjunto de obras relacionadas à 2ª etapa do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). 

Você também pode gostar...