GOVERNOS

Donisete Braga e ministro Arthur Chioro oficializam faculdade de medicina

Assinatura do Termo de Compromisso foi realizada na tarde desta terça-feira (23)

O prefeito Donisete Braga e o ministro da Saúde, Arthur Chioro, assinaram na tarde desta terça-feira (23) Termo de Compromisso que garante oficialmente a instalação de uma faculdade de medicina em Mauá, em parceria com a iniciativa privada.

O evento foi sediado na Escola Preparatória da Universidade Federal do Grande ABC (EPUFABC) e reuniu cerca de 150 pessoas entre representantes da sociedade civil e alunos, além de secretários de governo e representantes de outras prefeituras do Grande ABC.

“Mauá sempre foi vista como espécie de primo pobre da região. A faculdade de medicina na cidade é um marco que contribui para mudar esta percepção e resgatar a autoestima da população”, afirmou o prefeito Donisete Braga.

Após a assinatura do Termo, o próximo passo será o lançamento de edital de chamamento de instituições de ensino interessadas em apresentar propostas para a instalação da faculdade de medicina no município.

“O edital será lançado pelo Ministério da Educação nas próximas semanas e a análise das propostas deverá ser feita até o final do ano. Isso significa que o primeiro curso de medicina deverá ter início em março ou agosto do ano que vem, dependendo do ritmo em que estes trâmites iniciais transcorrerem”, afirmou Arthur Chioro. O ministro reforçou que faz questão de prestigiar o primeiro dia de aula do curso de medicina em Mauá.

Chioro contextualizou a novidade para Mauá aos esforços do Ministério da Saúde para qualificar a medicina pública em nível nacional. Explicou que a criação de faculdades de medicina faz parte do programa Mais Médicos que, além de trazer profissionais estrangeiros de forma emergencial, tem foco igualmente voltado à formação.

Segundo o ministro, 205 municípios com mais de 70 mil habitantes e que não têm faculdade de medicina manifestaram interesse. Destes, 154 apresentaram projetos e apenas 39 obtiveram autorização, incluindo Mauá.

A confirmação de que Mauá foi autorizada a instalar uma faculdade de medicina veio no dia quatro de setembro último, após vistoria dos equipamentos de Saúde por parte dos ministérios da Saúde e Educação. Tal cuidado é compreensível: Unidades Básicas de Saúde, Hospitais e outros recursos serão utilizados como cenário pedagógico pelos alunos da futura faculdade. “Por isso, inclusive, a oferta de vagas gratuitas por meio do Pro-Uni será uma das exigências que nortearam a escolha da instituição de ensino pelo MEC”, esclareceu Chioro.

Residência Médica – A confirmação oficial da faculdade de medicina encaixa-se ao programa de Residência Médica implantado em Mauá neste ano. O município passou a contar com 11 médicos residentes atuando na rede municipal e a tendência é de ampliação neste número com a formação de mão de obra local.

Contrapartidas – A instituição a ser selecionada por meio de chamamento público deverá apresentar outras contrapartidas à Prefeitura de Mauá, tais como: formação para os profissionais da rede de atenção básica à saúde, construção ou reforma da estrutura dos serviços de saúde, aquisição de equipamentos para a rede de atenção à saúde e, ainda, pagamento de bolsas de Residência Médica em programas de medicina de família, entre outros itens.

A intenção de sediar faculdade de medicina foi oficializada pela Prefeitura em outubro de 2013. Em maio deste ano, equipes dos ministérios da Educação e da Saúde estiveram em Mauá dando sequência ao processo de avaliação com a vistoria de 13 possíveis cenários de práticas, entre os quais dois hospitais, três unidades básicas de saúde, duas UPAS, um ambulatório de especialidades médicas e dois CAPS, entre outros equipamentos.

Com o anúncio da autorização, várias instituições de ensino já manifestaram interesse em participar do chamamento público capitaneado pelo Ministério da Educação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *