GOVERNOS

Em debate, #Dilma destaca importância dos bancos públicos aos brasileiros

Muda maisQuestionada por Aécio Neves (PSDB) no penúltimo debate presidencial do segundo turno neste domingo (19/10) sobre a relação do governo e os bancos públicos, a presidenta Dilma Rousseff (PT) disse que as instituições estatais tiveram seus lucros ampliados, seus juros diminuídos e a inadimplência reduzida.

Em seguida, Dilma citou que o ex-presidente do Banco Central na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Armínio Fraga, afirmou que iria diminuir a participação dos bancos públicos.

O economista tucano foi anunciado por Aécio como o seu ministro da Fazenda, se eleito.

“Candidato, a minha relação e a do governo com os bancos públicos é de respeito.

Eu li do seu possível ministro da Fazenda de que ele iria reduzir a participação dos bancos públicos no Brasil.

O Banco do Brasil é o grande responsável pelo Plano Safra de agricultura familiar e do agronegócio.

A Caixa faz o “Minha Casa Minha Vida”, investimento do governo federal. Todo resto é subsidiado por nós”, rebateu.

Você também pode gostar...