NOTÍCIAS

Folia em Santo André lota Avenida Firestone

Com direito a selfies e reprodução das fotos no telão da Avenida Firestone, no Bairro Casa Branca, Santo André abriu seu Carnaval 2015 no último sábado (14) de olho na tecnologia. Na passarela do samba, o entusiasmo das seis escolas do Grupo B. Neste domingo (15), a partir das 19h, a alegria retorna com a apresentação das sete representantes do Grupo Especial. O folião fez sua parte e compareceu para prestigiar a primeira noite de desfile. Segundo a Polícia Militar, cerca de 6.500 pessoas tomaram as arquibancadas especialmente montadas pela Prefeitura de Santo André. A maioria tinha o samba enredo de sua agremiação preferida na ponta da língua. Outros apenas iam no embalo do que viam na avenida.

A escola de samba Asa Branca abriu a noite, por volta das 21h, com bonita homenagem ao povo e a cultura nordestina. Passando pela escadaria da Igreja Nosso Senhor do Bonfim, na Bahia, simbolizada em um carro alegórico, até fechar, evidentemente, com o rei do baião e autor da música que batiza a nome da agremiação, o mestre Luiz Gonzaga. O detalhe ficou por conta da chuva de papel laminado picado pela passarela do samba.

E a festa prosseguiu animada com as apresentações na sequência das seguintes escolas de samba: Acadêmicos do Centreville, Beleza Pura, Leões do Vale, Império do Parque Novo Oratório e Mocidade Fantástica de Vila Alice – a última encerrou o desfile, ao entrar na avenida em torno das três horas da madrugada. Ali, cantou e dançou a história de Cabral (Pedro Álvares), o descobridor do Brasil e o navegador dos verdes mares.

Entre elas, destaque para a apresentação colorida dos componentes da Leões do Vale, que fez da Avenida Firestone uma grande brincadeira de criança. A comissão de frente, com divertidos palhaços e bonecas de pano, carregou um pouco da lembrança da infância, como o jogo da amarelinha, cordas e bolas plásticas, que eram devidamente retirados de um baú de brinquedos e apresentados de forma lúdica ao público. Não faltaram ainda as caixas de presentes gigantes, os sorvetes, as balas e os pirulitos de várias cores.

Ao lado da primeira-dama e secretária de Inclusão Social e Assistência Social de Santo André, Fátima Grana, o prefeito Carlos Grana prestigiou quase todas as escolas à beira da avenida. Para cada uma, um carinho especial. O chefe do Executivo classificou a noite como de “muita alegria e paz”, sem nenhum incidente. “Meu prazer é imenso, cumprimento a todos aqui e a corte do Carnaval. Santo André merece uma festa assim”, afirmou Carlos Grana, entusiasmado.

O Carnaval na Avenida Firestone é organizado pela UESA (União das Escolas de Samba de Santo André), com o apoio da Administração municipal.

Fonte:

Repórter Diário

Você também pode gostar...