Governo Alckmin se cala diante da demissão de 1400 funcionários da Santa Casa

PT Santo André
Por PT Santo André outubro 19, 2015 12:25

Governo Alckmin se cala diante da demissão de 1400 funcionários da Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo demitiu 1.397 funcionários, entre médicos, profissionais de saúde, técnicos de segurança e psicólogos. Os desligamentos, efetivados hoje (13), tinham sido anunciados na semana passada. O corte significa uma redução de 12% no quadro de empregados da instituição. A decisão foi tomada após reunião com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) e de 13 sindicatos, entre os quais o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp). O valor total das rescisões está em torno de R$ 60 milhões.


Foto: Edson Lopes Jr./ A2 Fotografia

Fonte: Portal Terra

Em nota, a Santa Casa diz que a medida foi necessária para garantir a sustentabilidade da instituição. “Antes de chegar ao estudo para essa redução de quadro, a instituição priorizou ações de gestão, produtividade e controle, bem como de renegociações com fornecedores”, destaca a nota. O hospital filantrópico garante que vai manter as metas contratuais e os atendimentos prestados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A instituição vem enfrentando dificuldades financeiras ao menos desde 2014, quando uma auditoria feita pelas Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, Ministério da Saúde, Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo e Conselho Estadual de Saúde revelou que a dívida da Santa Casa alcançava R$ 433,5 milhões. Uma apuração externa, porém, mostrou que o montante devido pela instituição somava mais de R$ 773 milhões.

PT Santo André
Por PT Santo André outubro 19, 2015 12:25