GOVERNO GRANA

Governo Grana reforma quadra de ginástica e faz Centro de Iniciação

Previsão é que a cidade ganhe em 2016 duas casas novas para o esporte ao custo total de R$ 5 milhões

Ginásio de ginástica artística da Vila Alpina, que abriga promessas da modalidade, ganhará outra cara daqui a um ano

O esporte de Santo André ganhará duas casas novas em 2016: um ginásio para a ginástica artística e um CIE (Centro de Iniciação ao Esporte). Os dois projetos foram aprovados pelo Ministério do Esporte, que liberará cerca de R$ 5 milhões, e as obras devem começar em breve, depois de acertos na parte burocrática.

Santo André tem a ginasta Letícia Gonçalves, de 14 anos, que já foi convocada pelo COB (Comitê Olímpico Brasileiro) para integrar a Seleção Brasileira em treinamentos para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Letícia e outras meninas da cidade despontam para a modalidade, mas não encontram um local adequado para o dia a dia no ginásio atual da Vila Alpina. Fábio Rubson, que trabalha na secretaria de Esportes da cidade, admite os problemas temporários.

“Precisamos tirar um pilar do meio do ginásio, melhorar a iluminação e fazer uma academia. A acessibilidade é uma das metas também. E, se o recurso couber, vamos ampliar o espaço que existe hoje”, revelou Rubson. Em parceria com a Federação Paulista de Ginástica Artística, o local terá um novo tablado para o solo.

A reforma prevista custará cerca de R$ 1,4 milhão e o Ministério já aprovou o projeto. Falta abrir a licitação, para que os trabalhos tenham início em 60 dias e fiquem prontos até junho de 2016 (previsão da pasta).

“Temos 100 crianças nas aulas de iniciação e queremos dobrar esse número”, adiantou.

O atletismo agradece – Já no bairro Cata Preta, em uma área de três mil metros quadrados, o Ministério do Esporte aprovou a construção de um CIE (Centro de Iniciação ao Esporte) de R$ 3,5 milhões. Com o propósito de incentivar o esporte em um ponto de vulnerabilidade social, o complexo abrigará 25 modalidades diferentes em dois ginásios: um aberto e outro fechado.

Mas, a grande notícia para o esporte de Santo André é que o Centro de Iniciação terá uma área destinada ao atletismo, esporte carente de locais para a prática no município.

“Teremos uma estrutura de primeiro mundo, com pista de 100 metros, cancha de areia para salto em distância, salto em altura e arremesso de peso”, contou Rubson. Como o projeto é do próprio Ministério, não há muita burocracia e as obras devem ter início com mais rapidez, terminando em prazo parecido com o do ginásio de ginástica.

E, além do esporte voltado para a base, o alto rendimento poderá utilizar o novo complexo. “Dá até para levar competições para lá”, disse Fábio Rubson.

ABCD Maior

Você também pode gostar...