GERAL GOVERNO GRANA GOVERNOS NOTÍCIAS

#GovernoGrana: Prefeito Carlos Grana realiza sonho da casa própria de 1100 famílias e encerra projeto Alzira Franco II

Com a entrega das chaves de 80 unidades do Conjunto Habitacional Alzira Franco II (foto), neste sábado (24), a Prefeitura dá por encerrada uma espera que se arrastava por oito anos de parte das 1.110 famílias moradoras dos Núcleos Capuava Unida, Gamboa, Jardim Cristiane e Jardim Oriental. A parcela restante dessas famílias receberão suas chaves no Conjunto Habitacional Procópio Ferreira, que ficará pronto em novembro. “Está encerrado o projeto Alzira Franco II”, vibrou o Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação Paulo Piagentini.

Ao todo, foram construídas 884 unidades, sendo 608 casas-embrião e 276 apartamentos. Casas-embrião é um projeto em que o morador tem a liberdade de construir mais cômodos conforme as suas possibilidades. As últimas 80 unidades foram entregues neste sábado.

As obras do Conjunto Habitacional Alzira Franco II recebeu verbas do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. Cada morador contemplado terá 10, 15 ou 25 anos para pagar o imóvel. O valor das prestações será variável, porque se levará em consideração o tempo em que o morador deseja quitar seu imóvel e a sua faixa salarial. “As prestações poderão ser de R$60 a R$80”, explica o Secretário.

O ato solene de entrega aconteceu na entrada do Conjunto, onde será a garagem dos condôminos, e contou com a participação do Prefeito Carlos Grana, do Secretário Paulo Piagentini, outros secretários e vereadores da cidade.

“As novas famílias do bairro Alzira Franco estão saindo de áreas de risco, onde não tinham o mínimo de dignidade. Agora, adquiriram o direito à cidadania. É, sem dúvida, uma data histórica que representará mudança de vida para essas famílias”. A captação de recursos para a construção do complexo começou com o governo do ex-prefeito Celso Daniel. A construção iniciou no governo do ex-prefeito João Avamileno. E agora, concluído o projeto com a entrega das chaves no governo do Prefeito Carlos Grana.

Emocionado, o Prefeito lembrou do compromisso que fez no início de 2013 de construir até o fim de 2016, três mil moradias e encaminhar outras 3 mil para o futuro. “Hoje, com a entrega do Alzira Franco II, completamos 2.152 unidades entregues e até o final deste ano, vamos chegar a 2.500 unidades”. O Prefeito lembrou também das primeiras ações sociais que fez, junto à comunidade do Jardim Cristiane, quando atuava na Igreja Católica, em 1978. “Essas obras ficaram paralisadas por quatro anos e vocês não sabem o prazer que eu tenho de entregar as chaves dos apartamentos para vocês”, disse.

A sindica

Mais emocionada ainda estava Ivone Luiz, recém eleita sindica do Condomínio composto por 4 blocos, de cinco andares, quatro apartamentos por andar, de 43 metros quadrados. Moradora do Núcleo do Jardim Oriental, Ivone sofreu durante 37 anos, com as enchentes e perdas constantes de móveis. “Hoje, posso dizer que tenho uma moradia digna”. Ivone não tem ideia dos desafios que terá pela frente ao ser eleita síndica. Mas, disse que se preparou, desde que soube que viria para o Alzira Franco II.

Sônia Aparecida dos Reis Silva, também estava muito contente. “É um sonho de todo mundo ter uma casa própria”, disse, apesar de estar preocupada com a mudança. Como trabalha à noite na Santa Casa e tem três filhos, todos pequenos, ela pensa em vir para o Alzira durante suas folgas e nos dias de semana ficar na casa da sua sogra, até resolver o que vai fazer, sobretudo com a escola da sua filha mais velha, Rafaela, que está no 5º ano da EE Lobo Neto. “A gente ainda não sabe se a escola dela será fechada pelo governador”, diz. Quanto aos outros filhos, está tranquila. A menor estuda na Emeief Fernando Godat, “muito boa”, diz. E a caçula, de 3 anos, em 2016 já irá para a creche.

Edja Janaina Macedo, também ex-moradora do Núcleo Jardim Cristiane esperava por esse momento há 7 anos. Desde abril recebia aluguel social da Prefeitura e, em setembro, soube que poderia receber suas chaves no Alzira Franco II. “Não pensei duas vezes, era tudo o que eu queria, um endereço”. Já o pequeno Mateus, de 7 anos, parente de um futuro morador do Conjunto, estava alucinado com o parquinho. “Vou dizer ao Prefeito que um dia eu ainda vou morar aqui”, disse.

Você também pode gostar...