José Américo: “Viva a Maju”

PT Santo André
Por PT Santo André julho 4, 2015 22:39

José Américo: “Viva a Maju”

Secretário Nacional de Comunicação do PT elogia jornalista vítma de racismo na internet; MP instaura inquérito
O secretário Nacional de Comunicação do PT e deputado estadual, José Américo (SP), manifestou solidariedade à apresentadora do Jornal Nacional, Maria Julia Coutinho, neste sábado (5), em sua página no Facebook. Maju, como é conhecida, foi vítima de ofensas raciais por internautas na página do Jornal Nacional na rede social na sexta-feira (3).

“A imensa solidariedade dos brasileiros contra este ataque vergonhoso deve estimular nossas autoridades a identificar e punir os responsáveis por este crime”, defendeu.

15166195José Américo, que foi professor de Maju na Faculdade de Jornalismo Cásper Líbero, ressaltou o talento da apresentadora. “Maria Julia é uma daquelas profissionais que transborda talento. Foi chamada para fazer a previsão do tempo no Jornal Nacional, um velho e cansativo quadro que a TV Globo não conseguia renovar, até que ela apareceu. E o transformou um espetáculo à parte no telejornal, devido ao seu charme, carisma e beleza”, disse.

Para o deputado, Maju demonstrou grandeza em sua resposta aos agressores durante a edição do Jornal Nacional de sexta-feira (3). “Eu já lido com a questão do preconceito desde que eu me entendo por gente. Claro que eu fico muito indignada, triste com isso, mas não esmoreço, não perco o ânimo”, declarou a jornalista.

“Viva a Maju! O Brasil fica um país melhor e mais bonito todas as vezes que ela aparece na TV”, finalizou o secretário petista.

Denúncia - O Ministério Público do Estado de São Paulo instaurou um procedimento investigatório criminal para apurar denúncia de racismo e injúria contra a apresentadora. O procedimento foi instaurado pelo promotor de Justiça Criminal Christiano Jorge Santos.

A publicação esclarece que racismo é crime inafiançável e imprescritível, enquanto a injúria racial tem pena de um a três anos de reclusão.

A Coordenadoria de Direitos Humanos do Ministério Público do Rio de Janeiro solicitou à Promotoria de Investigação Penal o acompanhamento do caso junto à Delegacia de Repressão a Crimes de Informática.

Campanha - Na sexta-feira (3), Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, a jornalista da TV Globo foi alvo de racismo no Facebook, após a postagem de um vídeo com a imagem dela na página do Jornal Nacional.

Indignados, internautas iniciaram a campanha #SomosTodosMaju no Facebook e no Twitter. A iniciativa ganhou ampla adesão.

 

Por Cristina Sena, da Agência PT de Notícias

PT Santo André
Por PT Santo André julho 4, 2015 22:39