NOTÍCIAS PT

Lula em Alagoas: “Não posso permitir que o povo do Nordeste volte a carregar lata d’água na cabeça”

Ex-presidente chega à capital alagoana e é recebido por movimentos sociais e representantes da Frente Brasil Popular de Maceió

Após receber o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), em Arapiraca (AL), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seguiu na tarde desta quarta-feira (23) para a cidade de Maceió.

Na capital alagoana, Lula participou de um ato com movimentos sociais e representantes da Frente Brasil Popular de Maceió, e disse que não se conforma com a destruição das conquistas sociais que o governo de Michel Temer está fazendo no país. “Depois do que fizemos no Brasil, depois das conquistas, do emprego, da entrega de 1,2 milhão de cisternas e da compra garantida da agricultura familiar, eu não me conformo. Eles acabaram com o Farmácia Popular, querem vender a Eletrobras e querem destruir a engenharia brasileira a pretexto de combater corrupção”, afirmou o ex-presidente.

Durante o ato de recepção à caravana Lula pelo Brasil, realizado no Clube Fênix Alagoana, Lula enfatizou que é necessário combater a corrupção e prender quem roubou, mas sem destruir a indústria nacional. “Se vamos comprar tudo de fora, onde vamos trabalhar? Para acabar com a corrupção você não pode acabar com as empresas, você prende o empresário e deixa os trabalhadores que precisam de salário”.

O acesso democrático ao ensino superior durante os governos do PT também foi lembrado pelo ex-presidente. “O filho de pobre chegou pela primeira vez à universidade. Agora eles querem destruir”, lamentou Lula. Para ele, o Brasil só terá conserto com a participação do povo, por isso resolveu viajar o país novamente. “Quero conversar com agricultores, prefeitos, gente de outros partidos, quilombolas, LGBT. Se esse governo não sabe sequer recuperar a economia, que peçam auxílio a nós que sabemos como consertar esse país”, disse.

Para ver as fotos do evento em alta resolução, acesse o Flickr do Instituto Lula.

Lula lembrou ainda os avanços na economia nos últimos 13 anos e destacou que o Brasil já chegou a ser a sexta economia do mundo durante seu governo. “Uma pessoa pobre que vai ao supermercado faz a economia girar e fez esse país chegar a ser a sexta economia do mundo em 2008. Para esse país dar certo não é preciso de alguém que entenda de economia, mas de alguém que entenda do coração e da alma do povo. Eu saí do Nordeste com 7 anos e hoje não posso permitir que o povo daqui volte a carregar lata d’água na cabeça”.

A caravana Lula pelo Brasil permanece na capital de Alagoas e, nesta quinta-feira (24), parte para Pernambuco, o quarto estado da viagem de Lula pelo Nordeste.

Fonte: site oficial do Lula

Foto: Ricardo Stuckert

Veja como foi ao ato em Maceió:

Ouça o discurso do ex-presidente na íntegra:

Você também pode gostar...