ARTIGOS

Mais brasileiros têm acesso a bens de consumo

Mais BrasileirosDurante muito tempo, o Brasil foi governado por uma elite e para a elite

O mesmo grupo fica abismado com as políticas voltadas para o cidadão, desenvolvida nos governos do PT, em que o povo passou de coadjuvante à protagonista na história recente do país.

Entre 2003 e 2012, os 10% mais pobres tiveram crescimento acumulado da renda real per capita de 107%, enquanto os mais ricos obtiveram incremento de 37% na renda acumulada, segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Os ganhos reais foram quase 3 vezes maiores para os brasileiros mais vulneráveis socialmente.

Com isso, o muro da desigualdade veio abaixo, e o cidadão comum pode iniciar a trajetória para uma vida mais digna.

Vale lembrar que os governos de Fernando Henrique Cardoso e do PSDB, foram marcados por recessão e um dos maiores índices de desemprego da história.

Quando o Bolsa Família foi lançado, diziam que era medida para preguiçoso, o que se mostrou um grande equívoco.

Os recursos do programa aqueceram o mercado e, atualmente, 75% dos beneficiários adultos estão no mercado de trabalho e 1,3 milhão estão se qualificando, por meio do Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego), para alcançar melhores condições de inserção no mundo do trabalho.

Você também pode gostar...