PLANTÃO PTSA

Movimento “Impitiman é Meuzovo” volta às ruas

*** Com bom humor, grupo que viralizou no carnaval participará das manifestações desta sexta-feira (13) ***

A democracia é um assunto sério, mas a tentativa de rebater o discurso maçante da oposição e de parte da imprensa em defesa de um suposto impeachment da presidenta Dilma Rousseff pode ser feita com humor. Por isso, o grupo “Impítiman é Meuzovo”, criado em Fortaleza no período de carnaval e viralizado na internet, vai às ruas neste dia 13 de março apoiar a Petrobras, a reforma política e a democracia.

O movimento bem-humorado surgiu nas redes após uma intervenção durante a gravação de uma reportagem da TV Verdes Mares, afiliada da TV Globo em Fortaleza, durante o carnaval deste ano. A iniciativa dos participantes teve grande repercussão nas redes sociais.

Convocadas em todo o Brasil pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), as manifestações em Fortaleza (CE) se concentrarão, na manhã desta sexta-feira (13), na Praça da Imprensa, de onde entidades populares, progressistas e democráticas, partidos políticos e centrais sindicais sairão em passeata rumo à Assembleia Legislativa.

“Estaremos lá com faixa, mil adesivos, camisetas e a banda “Meuzovo Bands”, afirma o idealizador do movimento, o jornalista e bancário Maurício Lima.

O grupo é a favor da convocação de uma Constituinte soberana e exclusiva para reforma política, que tem como um dos principais focos acabar com o financiamento de empresas a campanhas eleitorais.

Segundo Maurício, todos os governos democraticamente eleitos terão problemas com o financiamento privado, pois este fator encurrala qualquer proposta progressista.

“As campanhas são muito caras e quem financia, como uma forma de empréstimo, cobra muito caro depois”, ressalta o jornalista.

Devido à espontaneidade do movimento, não há uma articulação para o “Impitiman é Meuzovo” marcar presença nas manifestações em outras cidades e estados. Em Recife, o ato foi batizado pelos organizadores de “Em defesa do Brasil e contra o golpe”.

O gestor de marketing e eventos Diego Santos, que também participou do movimento de humor com o propósito de desconstruir o golpe, garantiu presença na manifestação desta sexta.

“O impítiman é meuzovo é um movimento espontâneo do povo”, afirmou Diego.

Por Guilherme Ferreira, da Agência PT de Notícias

Você também pode gostar...