GOVERNOS

Na Record, #Dilma diz: “Violência cresceu 52% nos governos Aécio em Minas Gerais”

Na recordNo penúltimo debate presidencial do segundo turno, promovido pela Rede Record neste domingo (19/10), a presidenta Dilma Rousseff (PT) pontuou que a violência urbana de Minas Gerais, entre 2002 e 2012, cresceu 52%, criticando a política pública de Segurança do oponente Aécio Neves (PSDB), quando foi governador de 2003 a 2010.

Dilma respondeu ao questionamento de Aécio sobre estatísticas da violência, afirmando que o governo federal gastou 0.4% do orçamento com Segurança Pública.

A presidenta rebateu, dizendo que o Mapa da Violência consta que em Minas os crimes aumentaram 52%, enquanto no Sudeste caíram 37% no período.

Aécio contestou os dados apresentados por Dilma, que por sua vez reforçou as estatísticas.

“Sinto muito, candidato, mas no mapa da violência consta que em Minas houve um aumento da criminalidade em 52%.

O senhor fala muito dos fundos.

Nós, candidatos, não gastamos R$ 4,3 bilhões (do governo Fernando Henrique Cardoso, PSDB, de 1995 a 2002), gastamos R$ 17,7 bilhões.

Usamos para construir centros de controle, que foram o bastante para unificar as polícias”, pontuou.

Você também pode gostar...