ARTIGOS

PSDB trata paulistanos com descaso

No momento em que 60% dos paulistanos admitem que ficaram sem água em suas casas nos últimos 30 dias, por meio de levantamento realizado na Alckmin secou SP e Sabesp não reconhece críticas Datafolha, sempre bom relembrar as mentiras dos tucanos para que a presidência da república não caia nas mãos erradas do senhor Aécio Neves, como ocorreu no estado de São Paulo, com a reeleição de Geraldo Alckmin e a continuidade do desgoverno do PSDB que já perdura duas décadas.

 

Antes de ser reeleito, a “cara de pau” do tucano foi tanta que chegou a afirmar que não faltava água no estado paulista, no último debate entre os candidatos a governador do estado de São Paulo, realizado no dia 30 de setembro, na Rede Globo.

 

“Nós estamos trabalhando com planejamento, obras, investimento. As mudanças climáticas atingiram a Califórnia, Austrália, 20% dos municípios brasileiros estão em estado de emergência ou de calamidade pública e nós aqui com 22 milhões de pessoas a 700 metros de altitude estamos garantindo o abastecimento e uma grande reserva para frente e investimentos”

 

A declaração de Alckmin talvez soaria politicamente correta, senão fosse as inverdades ditas sobre a garantia de reposição d’água para a população, que na realidade inexiste.

 

Acesse a matéria da pesquisa:

http://tinyurl.com/lmzpvw5

Você também pode gostar...