ARTIGOS

Publicidade encobre “podres” dos governos Aécio em Minas

NÃO GOSTA DOS POBRESAs denúncias contra o tucano e presidenciável Aécio Neves começam a escancarar o modo como o candidato do PSDB quer governar o país: pensando no enriquecimento da própria família e colocando o povo brasileiro em segundo plano

 

Reportagem desta quinta-feira (16), veiculada pela Folha de S.Paulo, atesta que a jornalista e irmã de Aécio, Andrea Neves, hoje responsável pela coordenação da comunicação da campanha do postulante tucano ao Palácio do Planalto, comandava nos governos do irmão, em Minas Gerais (2003 a 2010), o órgão que fiscalizava as verbas publicitária do governo estadual para as rádios do político do PSDB.

 

Inquérito instaurado pelo MPE (Ministério Público Estadual) de Minas Gerais revelam que a família de Aécio Neves seria beneficiada com repasses milionários do governo estadual, que atingiram cerca de R#815 milhões, nos oito anos em que o tucano esteve à frente da gestão mineira.

 

Ao menos quatro veículos da comunicação são de poder do “clã” Aécio: a Rádio Arco Íris, retransmissora da Jovem Pan em Belo Horizonte, que mantém sociedade com a irmã, Andrea Neves, e a mãe, Inês Maria Neves Faria; São João e Colonial, ambas de São João Del Rei, terra natal do presidenciável do PSDB; e o jornal “Gazeta de São João Del Rei”

 

Por outro lado, o que dificulta a investigação é que atual governo de Minas Gerais pratica censura e não divulga no portal de transparência os gastos em publicidade para a família Neves.

 

Você também pode gostar...