ARTIGOS

Sabesp e Alckmin sugaram até a última gota de água e vida do Cantareira

Alckmin autoriza segunda cota de volume morto no CantareiraA Sabesp afirmou ter conseguido autorização para iniciar as obras que permitirão a utilização da segunda cota do “volume morto” do sistema Cantareira.

A data do início das obras e o custo ainda não foram informados pela empresa.

O “volume morto” é uma reserva de água que fica abaixo das comportas das represas e que, para ser utilizada, precisa ser retirada com bombas.

Essa reserva do Cantareira tem cerca de 400 bilhões de litros de água, dos quais 182,5 bilhões estão sendo bombeados desde 15 de maio.

A Sabesp pediu no mês passado para bombear mais 100 bilhões de litros da reserva.

O volume a ser captado na segunda cota, porém, ainda será determinado após as obras, passando pelo consentimento da ANA (Agência Nacional de Águas) e do DAEE (Agência Nacional de Águas).

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) já tinha apontado no final de julho a necessidade de captar uma segunda cota do “volume morto” do Cantareira caso a escassez de chuvas se estenda até setembro.

“Nós não pretendemos até setembro utilizar nada além da reserva técnica, mas a Sabesp está deixando preparado, caso haja necessidade”, disse na ocasião.

Fonte: Folha

Você também pode gostar...