GOVERNO GRANA

Santo André dá início à construção de 35 quilômetros de ciclovias

As novas pistas, divididas em rotas cicloviárias, vão interligar aos 11,1 quilômetros existentes

 

Santo André, 29 de abril de 2015 – A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos (SMUOSP), inicia em maio a construção de novas ciclovias na cidade, espalhados em sete rotas distintas. As novas pistas, divididas em rotas cicloviárias, vão interligar as já existentes em 11,1 quilômetros. Com as novas ciclovias, a cidade passará a contar com 50 quilômetros de vias destinadas aos ciclistas.

As rotas cicloviárias a implementar farão a ligação da Estação Prefeito Celso Daniel, com Avenida Queirós dos Santos, Avenida Santos Dumont, Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo e Estrada do Pedroso ( rota I – 10 quilômetros). Além desta, a Avenida Firestone (rota II – 1,5 quilômetros), Jorge Beretta (rota III – 1 quilômetro), a ligação da Rua das Figueiras/Avenida Lauro Gomes, Avenida Padre Manoel da Nóbrega, Avenida Lino Jardim, Avenida Atlântica (rota IV – 5,4 quilômetros), Avenida dos Estados e Avenida Presidente Costa e Silva, com a implantação do corredor verde (rota V – 12,5 quilômetros), a Avenida Prestes Maia ( rota VI – 3,9 quilômetros) e Rua Adriático (rota VIII – com 1 quilômetro).

Os serviços de implementação terão início em maio na rota I, por ser considerada a mais utilizada e demandada na cidade, que ligará o Parque do Pedroso (a partir da ciclovia existente), até a Estação da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) Prefeito Celso Daniel. As rotas VI e VII, serão implantadas junto à revitalização das áreas verdes da Avenida Prestes Maia e Rua Adriático (corredores verdes), semelhante ao que aconteceu na Avenida das Nações, também no mês de maio. A Rota VIII está incluída no projeto da Avenida Lauro Gomes, com recursos do PAC Mobilidade.

O prefeito de Santo André Carlos Grana frisou que as programações não vão interferir na capacidade viária dos locais contemplados. “Não haverá perda da área das vias para os carros, nós iremos sim compartilhar o espaço, direcionando as ciclovias para o lado direito das rotas planejadas, reduzindo as faixas, mas mantendo a capacidade da malha viária existente. A estação Prefeito Celso Daniel, por exemplo, é um local de grande movimento e sendo interligado desta maneira, incentiva e estimula o uso da bicicleta”, pontuou.

“No projeto medimos a capacidade das vias e a demanda. Para chegar a este modelo, fizemos um esforço para redução no custo, sendo um dos mais baixos do país, orçado a R$ 192 mil pelo quilômetro”, apontou o Secretário de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos, Paulinho Serra.

CICLOFAIXAS – Devido à avaliação da demanda, em relação ao horário de pico e de maior utilização das ciclofaixas, a Prefeitura fará a antecipação em uma hora do horário de funcionamento das faixas,das 7h30 às 13h30. O volume médio de ciclistas, de acordo com aferição do Departamento de Engenharia de Tráfego (DET), é de 6.500 ciclistas por domingo, com horário de pico de utilização das 9h às 10h.  Com 10,1 quilômetros de faixas destinadas para as bicicletas, a estrutura conta com 90 monitores e mantém agentes no percurso com motos e viaturas, estrategicamente distribuídos em pontos fixos e itinerantes. Na próxima semana será encaminhado para a Câmara Municipal, projeto de lei que institui as ciclofaixas de lazer e a Pedalada Noturna como programas do município.

EXISTENTES

A – Viaduto Salvador Avamileno e via de acesso – 1,2 km

B – Avenida Valdemar Mattei – 0,35 km

C – Avenida Lauro Gomes – 1,97 km

D – Estrada do Pedroso – 1 km

E – Parque Central – 2,4 km

F – Parque do Pedroso – 1,76 km

G – Avenida das Nações – 2,5 km

 

ROTAS CICLOVIÁRIAS A IMPLANTAR

I – Ligação Estação da CPTM Prefeito Celso Daniel – Avenida Queirós dos Santos/Av. Santos Dumont/Av.Cap Mário Toledo de Camargo/Estrada do Pedroso – 10 km

II – Avenida Firestone – 1,5 km

III – Rua Jorge Beretta – 1 km

IV – Ligação Rua das Figueiras/ Avenida Lauro Gomes /Rua das Figueiras/Av. Padre Manoel da Nóbrega/Av. Lino Jardim/Av. Atlântica – 5,4 km

V – Avenida dos Estados/Avenida Pres. Costa e Silva – 12,5 km

VI – Avenida Prestes Maia – 3,9 km

VII – Rua Adriático – 1 km

VIII – Avenida Lauro Gomes – 5 km

 

CICLOFAIXAS – 10,1 km

Viaduto Juscelino Kubitschek

Avenida Edson Danilo Dotto

Avenida Santos Dumont

Avenida Artur de Queirós

Rua General Glicério

Avenida Industrial

Rua Padre Vieira

Rua das Figueiras

Avenida XV de Novembro

Paço Municipal

Crédito: Diego Barros/PSA

Sobre a Secretaria de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos

A Secretaria de Mobilidade Urbana, Obras e Serviços Públicos é subdividida em departamentos para facilitar sua atuação ampla. A Pasta é responsável por elaborar estudos e projetos de construção e manutenção de obras e equipamentos públicos.

Desenvolve serviços de manutenção do sistema viário, urbanização e manutenção de praças e áreas verdes, poda, plantio de árvores, roçagem, capina, manutenção da rede de iluminação pública, gerencia os transportes públicos no município, além de administrar  parques e cemitérios públicos municipais, fiscalizando cemitérios particulares.

A respeito de Santo André

A Vila de Santo André da Borda do Campo foi fundada em 8 de abril de 1553 e extinta em 1560. A localidade passou a ser parte do município de São Paulo e apenas em 1889 é que a região passou a ter um município com nome de São Bernardo. Este abrigava todo o ABC, e com a transferência de sede em 1939 passou a ser denominado Santo André. Este nome permaneceu, e após diversas emancipações de distritos, em 1953, o município de Santo André passou a ter a área atual de 174,38 km².

Localiza-se no ABC paulista (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico brasileiro, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último Censo, divulgado em 2010, com estimativa para 2014, Santo André possui 707.613 habitantes. No ano de 2012, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 18,085 bilhões, sendo o 32º maior do País e o 12º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento previsto para 2015 é de R$ 3,178 bilhões.

 

Links:

Visite o site: www.santoandre.sp.gov.br

Facebook: www.facebook.com/PrefeituradeSantoAndre

Twitter: https://twitter.com/StoAndre

 

Mais informações para a imprensa:   

Daniel Betega – dabetega@santoandre.sp.gov.br(11)4433-0133

Coletiva_CicloVia (2)

Você também pode gostar...