GOVERNO GRANA

Secretaria de Políticas para as Mulheres participa de Sessão solene na Câmara

*** Ação compreende calendário do ‘Mês da Mulher’, disseminando a importância do respeito e pelo fim da violência ***

A Secretaria de Políticas para as Mulheres participou na noite de ontem (17), de Sessão solene em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Na ocasião, o legislativo andreense acompanhou as ações desenvolvidas, bem como os avanços e conquistas para a mulher em Santo André. Na plateia, diversos segmentos sociais representados ouviram que ainda há muito o que desempenhar para acabar com a cultura do machismo.

A Secretária de Políticas para as Mulheres, Silmara Conchão, frisou na tribuna que a cidade é mais atenta ao papel da mulher. “A criação de uma secretaria voltada para os interesses da mulher demonstra o compromisso da Administração em oferecer espaço para a luta que travamos todos os dias, descontruindo a questão do machismo em nossa sociedade. Somos muitas e agora temos espaço para sermos ouvidas em nossa cidade”, concluiu.

Pouco mais de 52% da população andreense é composta por mulheres, ou seja, 351.949 pessoas do sexo feminino, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), do Censo de 2010. Já no ABCD, este número representa 51,75%, com 1.320.373 mulheres nas sete cidades.

E Agora José? – Lançado na última quinta-feira (12), o projeto “E agora José?”, é um marco para a cidade, desenvolvendo um trabalho socioeducativo com homens autores de violência doméstica contra mulheres. A ação, coordenada e articulada pela Prefeitura, tem parceria com o  Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e a Secretaria de Administração Penitenciária.

O projeto tem início de maneira experimental com 15 homens, desenvolvendo metodologias que estimulam o trabalho de reflexão destes agressores, por meio de dinâmicas de grupo. Durante o desenvolvimento das atividades, um psicólogo e um sociólogo supervisionam as ações desenvolvidas, avaliando resultados. O “E Agora José?” é parte de um processo de estímulo ao pensamento e às atitudes que o levaram a cometer esse tipo de crime.

Foto (anexa)  – Na ocasião, o legislativo andreense acompanhou as ações desenvolvidas, bem como os avanços e conquistas para a mulher em Santo André

Crédito: Anderson Pedro/PSA

 

Sobre a Secretaria de Políticas para Mulheres

Primeira Secretaria de Políticas para Mulheres da região do ABC paulista desenvolve ações para garantir autonomia e direitos de cidadania das mulheres, considerando gênero, classe, raça e etnia, geração, deficiência, orientação sexual/identidade de gênero e diversidade regional. A área também articula ações de enfrentamento à violência contra as mulheres, fomenta políticas e dá suporte a programas e projetos, em parceria com as demais secretarias municipais, além de instituições públicas e privadas, e acompanha e apoia realizações do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

Busca parceria com universidades da região para produção de pesquisas e extensão. Todo trabalho está em consonância com o Plano Municipal e Nacional de Políticas para as Mulheres. A Secretaria tem apoio da Secretaria de Políticas para Mulheres do governo federal.

Fonte:

Prefeitura de Santo André

_MG_2954

Você também pode gostar...